Páginas

"Há pessoas que contam segredos, outras que guardam segredos... e existem aquelas que são segredos. Porém, algumas são mais que segredos... são mistérios."

terça-feira, 6 de novembro de 2018

Menos Julgamento e mais Companheirismo

       Com o passar do tempo, percebe-se que é muito mais fácil tentar ser melhor do que realmente ser. É como se você tentasse se livrar de um vício, mas sempre cai na tentação e fracassa, esporadicamente. Mas será que o que importa realmente não é esta caminhada, do não fracassar, do não cair, ou se cair, levantar-se quantas vezes forem necessárias? Tentar ser uma pessoa melhor, é um trabalho constante. Eu não diria cansativo, mas um exercício exigente e que requer foco. 
        Como diz a música, "É fácil ser herói se o amor te acolhe bem". É um aprendizado constante, e o mais importante, nos impede de julgar as pessoas, afinal, o que são violões? Será que só não estão lutando por causas perdidas, ou simplesmente, escolheram as causas erradas para defender? E o que são as "causas erradas" afinal? Aquelas com as quais você não concorda ou simplesmente não compreende? O ser humano é mais complexo do que isso, é preciso analisar e no fim, não é seu julgamento que vai tornar alguém um vilão ou um herói. 

         Não está sendo fácil pra ninguém. A política, a sociedade, o sistema... as lutas de cada um. Estamos travando nossas próprias lutas, o tempo todo. Não há julgamentos, ao menos, não deveriam haver. Estamos todos tentando viver nossas próprias vidas, da melhor maneira possível. Ninguém vive um mar de rosas. Pensar duas, três, dez vezes antes de julgar, deveria ser obrigatório, um preceito básico para a nossa convivência. 
        Mas calma, nem tudo está perdido. Enquanto alguém estiver tentando ser melhor, estaremos bem. Há que se acreditar em algo pra se continuar a lutar, a viver, e por que não começar a acreditar um pouquinho mais em nós mesmos e naqueles que estão travando suas próprias lutas ao nosso redor. Um fardo que se carrega junto, torna-se mais leve e suportável. Que todos possamos nos ajudar e julgar menos uns aos outros. 

terça-feira, 14 de agosto de 2018

Um dedo de Prosa.

       Está acabando o Outono e eu nem o vi passar. É como dizem: - "quanto mais velho, mais rápido parece passar o tempo". A vida está corrida, o dinheiro está curto e a vontade de viver, vem aumentando, depois de uma longa jornada complexa de autoconhecimento. Eu havia decidido parar de beber, mas percebi que isto é bobagem e que eu devo mesmo é parar de me embriagar. Beber não é o problemas sim, beber demais sim.
        Continuo trabalhando em um ambiente tóxico e com muitas pessoas tóxicas. Por sorte, tenho uma energia boa e que recicla as energias que estão a minha volta. Estou conseguindo tornar o ambiente menos nocivo, mas ainda não desejo permanecer por lá. Até que me estabilize financeiramente, devo permanecer por lá. 
         Tive de abandonar paixões, como o artesanato e as pinturas de tela. Estou morando em um apartamento pequeno. Mas, espero não morar com minha Mãe por muito tempo. Quero ter meu próprio espaço, onde eu possa fazer as coisas que amo novamente. Até desenhar, é complicado aqui, mas espero que isso mude. 
       Por fim, espero que as coisas melhorem, e estão melhorando aos poucos. Desejo que todos estejam bem. Quero fazer posts mais otimistas em breve. Que o universo conspire a favor de todos, pois merecemos. Nada é fixo nada é permanente. Uma ótima semana a todos. 

quinta-feira, 3 de maio de 2018

Crescimento Tardio

      Já estamos nos aproximando do termino do primeiro semestre de 2018, e nossa, que ventania foi essa? Tantas coisas acontecendo... Admito que fiquei meio perdido, mas claro, se perder é bom, afinal, como se achar sem nunca ter se perdido? Estou me reencontrando agora e isso me soa incrivelmente assustador. Mais centrado, com mais foco e força de vontade.

      Não tem sido nada fácil assumir minhas escolhas de vida. Olhar para os boletos que irão vencer e se sentir bem quando está tudo pago... Assim é a vida adulta. Sofro de envelhecimento tardio. Demorei muito tempo pra envelhecer {mentalmente} o que as pessoas levam alguns poucos anos. Mas está funcionando, estou finalmente chegando lá. 
        Eu fiquei 4 semanas desempregado. Foi complicado, mas eu precisava mesmo de um tempinho pra mim. Hoje estou em um emprego absolutamente toxico, onde não me sinto bem e que espero de verdade, não estar lá por muito tempo. Vamos ver o que o destino nos reserva. Nada é fixo, nada é permanente.  Só precisamos fazer o nosso melhor sempre... Com o tempo, tudo vai se encaixar. Muita sorte e luz para todos nós. 

quarta-feira, 28 de março de 2018

Padrinho

     Nasceu meu afiliado. Lindo e saudável. Eu nunca me imaginei sendo padrinho de alguém  mas coisas assim vem com o fato de se tornar adulto. A palavra adulto é pesada pra mim, mas faz parte e agora me considero maduro o suficiente pra aceitar o termo. 

     Ando sentindo os efeitos da idade, afinal, este mês completo meus 33 anos. Me sinto melhor do que antes. Parece que tudo tem se elucidado na minha mente recentemente, e eu estou adorando esta nova fase minha. No mais, espero que a idade só me traga coisas boas, como o José Benício, meu afiliado. Ótima semana a todos. 


segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

Um Passo Atrás

         Os ciclos vão tomando forma. Estão se fechando um após o outro. Eu ainda não sei nada sobre a vida aos 33, então, quando é que as coisas começaram a fazer sentido? Ou ainda, será que é conveniente buscar o sentido das coisas. O coração aperta às vezes. Não é compreensível, nunca foi. A compreensão plena, certamente leva a loucura. 

         Eu voltei no tempo, exatos 9 anos atrás. Voltei ao primeiro trabalho que tive ao mudar-me para cidade onde morava a um ano atrás. Sofria abuso moral, tinha uma autoestima lixo e só desejava minha própria morte. Mas agora não sou o mesmo. Sou mais forte e não tenho deixado o passado me assombrar. Estou certo de que precisei dar este passo atrás. Eu não valorizaria nada em minha vida atual se não estivesse lá agora. Então, compreendo que a vida lhe dá novas e antigas oportunidades. Nem sempre para algo maior, mas sempre, para um entendimento melhor do que precisa ser tomado como lição. 

         Estou bem. Estou trabalhando e retomei aos estudos. Estou cursando  Designer Gráfico. Ainda não é Faculdade, mas como bem disse uma amiga, que sirva de preparação. Quando na faculdade estiver, não serei pego de surpresa, não por completo. Continuo tentando melhorar como pessoa. Agora, meu novo desafio é aprender a conciliar meu tempo e claro, desenvolver melhor minha relação com o dinheiro. 
        Eu já tive tantos motivos pra desistir de tanta coisa, inclusive de mim mesmo. Mas eu decidi que vou continuar. Não só por mim, mas por todos que amo atualmente, por todos que fazem algum sentido em minha vida. Por vezes, pode parecer tarde pra tentar de novo, mas nunca é tarde demais pra se dar uma segunda chance. O universo está aí, te dando muitos toques. Apenas ouça-o! Ótimo Verão a todos. 

domingo, 26 de novembro de 2017

Eisenbahn Pale Ale - Degustação

           Definitivamente eu esperava mais de uma Pale Ale. Esta edição da Eisenbhan, ficou sim muito boa, no entanto, me desagradou em diversos pontos.Óbvio, pode ter sido uma exceção a regra. Afinal, quando adquirimos a cerveja em um Super Mercado, não sabemos como foi seu armazenamento ou as intempéries aos quais ela passou, então, nada é definitivo.  
          O sabor não me desagradou por completo, mas pelo fato de gostar de cervejas mais adocicadas, pode ser que eu tenha me surpreendido. Mas também não há um grande amargor, tornando-a bem aceitável. O aroma fraco e o sabor pouco acentuado, não foram de boa apresentação a mim. Sem falar da total falta de carbonatação. 
           De fato, aguardava uma cerveja mais palatável. Irei refazer a compra, talvez em uma embalagem maior. Acredito que tenha sido contemplado com um exemplar problemático. No mais Fiquem com o video do Juliano Mendes, consultor da Eisenbhan. 
          Como ele deixa claro, a cerveja não possui a receita original. Eles se apropriaram de um erro, o qual ele diz ter funcionado bem. Mas fiquei tentado a provar a receita original, mas este, jamais conheceremos. Ótima degustação a todos. 

#OutubroRosa

     Eu sei que tema não é novo e que muitos o considera enfadonho, mas devemos sim lembrar e bater neste tecla, na tecla que vitimiza centenas de mulheres todo o ano. Sei que você tem uma mulher próximo a você que ama muito, então fale sobre ela sobre o assunto. E não é apenas no mês de Dezembro, e sim, durante todo o ano. Não deixe que ninguém mais seja vitima dessa doença. 
        Encontrei um site excelente sobre o assunto. Você chega lá clicando na imagem acima. A foto é do ônibus da viação Águia Branca e foi um Colatinense que as tirou. Eles coloriram alguns ônibus de rosa, para lembrar a todos da importância e dos cuidados relativos ao assunto. Bom, fica a dica. E lembrem-se, é melhor prevenir do que remediar, afinal, saúde é algo de primeira urgência. Abraços. 

quarta-feira, 22 de novembro de 2017

O Desemprego e o Equilíbrio

           Se você acredita que a sua vida está pior do que a de alguém, talvez você não esteja enxergando com a totalidade das coisas, pessoas e do mundo ao seu redor. Sim, você pode estar por baixo, mas ainda que estivesse por cima, nada na vida é fixo ou permanente. Seja um trabalho, um namoro ou um sonho, tudo é assim, instável e incontrolável. Você não pode e nem deve controlar tudo que acontece ao seu redor, e se algum dia conseguir, me ensine.   
           Fiquei desempregado a poucos dias. Estou me movimentando para retornar ao mercado de trabalho, e sabe o que é mais incrível? De todas as vezes que passei por isso, essa é a que mais tenho estado auto-confiante e equilibrado. Aceitar as coisas com elas são e perceber que as mudanças existem e são incessantes. Foi um aprendizado dolorido e complexo pra mim. 
                 Sempre fui perfeccionista. Gostava de tudo no seu jeitinho de sempre, tudo sempre imutável, mas eu consegui perceber a totalidade do universo. Cada coisa se move por si só e desejar que tudo permaneça imutável, é mais que utopia é princípio de loucura. Se permitam, as coisas vão mudar sim e sempre. O que importa é como se lida com isso. Muita luz a todos. 

sexta-feira, 15 de setembro de 2017

Virando Adulto

           Final de semana chegou. Eu queria poder sair e tomar umas biritinhas, mas não estou bem, a maldita dupla: rinite e sinusite retornaram. Tenho andado com a imunidade baixa. O ruim de ser ovovegetariano, é ter de controlar bem a alimentação e a ingestão de suprimentos. Se você bobeia, a imunidade vai lá no chão. 
Colatina. Minha atual cidade, que amo a cada dia. 
               Eu tenho conseguido, aos poucos, retornar a minha rotina. Não completamente, claro. Ainda não consigo desenhar e fazer meus artesanatos e tudo mais, mas já estou blogando com mais frequência, e assistindo minhas séries e animes favoritos. 
Viajem a São Rafael, Marilândia.
Caramba, como a festinha de São Rafael estava lotada. Roça sim, mas cheia de gente boa. 
             Ando um pouco cansado. Este ano, o estabelecimento onde trabalho, foi passado a outra pessoa, então fomos todos recontratados. Ou seja, não teremos férias por um bom tempo. Isso é péssimo. Percebo estar mais impaciente e intolerante. Não gosto de me sentir assim em relação as pessoas. Adoro trabalhar com o público e esta atitude vai contra tudo que acredito. Mas estou tentado melhorar. 
Saidinha com os amigos. Teve bom. Amo conhecer pessoas novas e diferentes. 
           Estou tentando parar de beber. Não vou beber com tanta frequência e quantidade que antes. É uma atitude que venho estimando há tempos. Percebi que isso irá reduzir ainda mais meu número de amigos. Percebo o papel social que a bebida tem na minha vida. Vou ter de aprender a lidar com isto. 
             No mais, vou bem. Algumas coisas estão voltando a fazer sentido na minha vida. Estou adorando isso. Estou estranhamente frio e ao mesmo tempo sentimental. Percebo que estou evoluindo minha forma de ver as pessoas e o mundo. É assustador, libertador e gratificante ao mesmo tempo. Acho que estou virando adulto. 

quinta-feira, 31 de agosto de 2017

Pequenos Progressos

          Muita coisa tem se transmutado de uns oito meses pra cá, ou seja, desde que eu me mudei para o centro da cidade de Colatina. Me afastei de amigos, fiz novos, mas no fim, a busca é sempre por mim mesmo. 

          Não consigo desenhar desde então. Minha alma está bloqueada. Artesanatos e tudo mais que eu amava fazer, não estão mais na minha vida. Ficaram pra trás? Ou ainda estão dentro de mim, arquivados, aguardando que eu os resgate?

            Apesar de muita coisa ruim ter desaparecido do meu coração, ainda há fragmentos aqui. Poderia ser pior. Sempre pode. Por isso, eu continuo otimista. Acredito que de agora em diante, pode ser que hajam pequenos progressos. 
           Eu deveria estar me esforçando mais. Mas me sinto tão imobilizado por certas situações. Muitas se dissiparam, deixando minha visão mais limpa. Mas ainda há pequenos passos para dar, que mudarão todo o rumo. 

          Há coisas pra celebrar também. A Primavera chegou, e ela merece ser comemorada, de todas as formas possíveis. Sabe aquelas caminhas a tarde, com o sol morno do inverno, que ainda não foi totalmente embora, sobre a pele? Ou as noites, já mais quentinhas, ao ar livre com os amigos...
           Boas memórias estão por vir. As antigas, vão sedendo lugar, enquanto as novas, pedem gentilmente por mais espaço e atenção. Aos poucos, tudo vai se ajeitando e cada coisa, encontrando seu lugar.♥
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...