Páginas

"Há pessoas que contam segredos, outras que guardam segredos... e existem aquelas que são segredos. Porém, algumas são mais que segredos... são mistérios."

quarta-feira, 30 de março de 2011

Você me Cativou


Quando se está apaixonado, se comete erros.
Procura-se o amor em todas as partes;
Vive-se algo imaginado.
Gestos são fatos, mas nada são de fato.

Você escorre entre meus dedos;
e eu te quero, mesmo sabendo que nunca me pertenceu.
Mesmo sabendo que estas a jogar;
eu te busco...

Desejando um beijo, um toque ou um abraço...
Permaneço aqui...
Você me cativou, não vou te esquecer,
nem mesmo com o coração a sangrar.

Algo se esvai agora,
mas você existiu, e o que mais eu poderia desejar?
Esteve aqui...E não vou te esquecer.
Por que você me cativou...Sou responsabilidade sua.
Sou teu, e mesmo não o tendo...
meu coração contigo esteve.

Takamura

segunda-feira, 28 de março de 2011

De Folga e À Toa

     Hoje foi minha folga. Eu tinha planejado doar sangue, mas cometi uma estripolia ontem, então, decidi não ir. Sou apaixonado por vinho e tomei um pouco a mais. Acho que não teria problemas, mas prefiro não embriagar ninguém com um sangue tinto e suave...Ah, como é bom ficar embriagado. Não, não sou alcólatra, mas quando estou sobre o efeito do alcool me sinto tão bem...Na verdade me sinto melhor que do sou...Me solto mais, fico mais sorridente e simpático. Não há obstáculos neste estágio...

     Deveria esta desenhando, me sinto cada vez mais distante da minha paixão...Tá complicado achar tempo para desenhar. Acho que vou ter de me afastar do PC novamente. A minha paixão pelo desenho se iniciou aos 11 anos, com febre por Cavaleiros do Zodíaco, animação japonesa que passava na década de 90 na Manchete. A emissora faliu, mais também pudera, chegou ao ponto de exibir quase que só animes na sua programação...Já ouvi dizer que foi Cavaleiros que segurou a emissora por tanto tempo no ar...Não tenho nem dúvidas.

     Ah, acho que estou gostando de uma pessoa. Nossa, como me apego fácil...Mesmo sabendo que sou um amontoado de reações químicas, não consigo impedir de me apaixonar...É ridículo. Se algum dia conhecer uma feiticeira, vou pedir para que ela feche meu corpo para o amor...Ninguém merece sentir estas coisas. Estou bem sozinho, e geralmente tenho amores platônicos... porque? Simples, sou covarde e não consigo me declarar...Bom, mais isso não interessa... 

     Hoje comecei a preparar algumas caixinhas para decoupagem. Consegui um baúzinho também. Espero deixá-lo bem diferente e bonito. Estou louco pra finalizar a minha caixa de sabonetes também...

     Por hora é só...Grande abraços a todos que lêem este blog...

sábado, 26 de março de 2011

Naquele dia, quando o sol se escondeu


Naquele dia, quando o sol se escondeu
Estava no jardim, de costas para o mar
Plantei a cerejeira, a mais linda
Vovô me dara, e eu não queria que morresse

Naquele dia, quando o sol se escondeu
Todos levavam suas vidas ao acaso
Assim como todos os dias o fazem
Exceto eu, a plantar o bem mais precioso

Vovô me deu a mudinha no hospital
Disse que ele não a veria florir
Mas a mudinha cresceria
Faria uma grande sombra de frente ao meu quarto

Naquela tarde, quando o sol se escondeu
Eu olhei pra trás..Um manto azul se estendeu
O céu parecia se dobrar... Muita água para uma muda pequena
Que saudades vovô.

      Em homenagem a todos que tiveram suas vidas modificadas, naquele que foi a maior catástrofe natural do Japão. O espírito japonês é imortal, portanto, novas rotas são traçadas, e os fortes, sempre partem de cabeça erguida.  A dor de quem sofreu não pode ser amenizada, mais a oração dos justos, inunda os escombros e traz a tona a herança de dias melhores por vir.
     Poema simples, oração singela.

domingo, 20 de março de 2011

Águas de Março...

     Há pouco tempo percebi a mudança do clima...A brisa já vinha mais fresca do sul, e as lembranças inundaram minha mente. Nossa, que saudade de mim...Daquele Adriano simples e inocente, que bancava algo mais, fazendo charme e instigando o mistério...Um  Adriano, tão sem malícia e com tantas verdades singelas, e amores intocáveis...

       Agora percebo que estou me reencontrando aos poucos, e esta sendo tão prazeroso. Como eu adoro o Adriano do passado, mas só em certos pontos...Ele também era cheio de medos e incertezas, por motivos banais que o atrasou mentalmente, fazendo-o se conhecer,em íntimo, com um quarto de século... 

     Estou resgatando o Adriano aos poucos, e já o percebo tão vivo e mais intenso que antes...A música é uma ótima ferramenta de regressão. Estou apaixonado pela MPB, e estou me descubrindo neste novo mundo. Só agora percebo que sempre tive contato com este estilo de música, desde muito novo. Lembro-me dos momentos em que passava desenhando no sofá de casa, ouvindo aquelas músicas tão dilacerantes que me cuspiam amores, que me suplementavam a alma.

      As águas de Março estão fechando o Verão...O Outono esta próximo, tingindo lentamente o clima de sépia e lembranças antigas. Lembranças que não matam ou atrasam o ser, mais que fazem a busca retornar para mim, de forma sutil e discreta...

Bem vindo Outono...Te esperava há tempos. Com discos nas mãos e boas melodias na memória.

sexta-feira, 18 de março de 2011

Só Um Vaso Vazio...

     Consegui concluir algumas alterações no blog hoje. Este visual vai permanecer por um bom tempo. É flexível e bem mais limpo que o anterior. Não estava satisfeito com ele.

     O Outono esta próximo. A mudança começa a inundar os conceitos humanos, é natural. Por algum motivo me sinto bem mais interessante agora que antes...Sou um vaso vazio, e estou satisfeito de estar me inundando de novidades, que estão me tornando mais completo.

     Estou conseguindo algumas músicas. A MPB esta aguçando o meu paladar musical, estou me deliciando. Consegui musicas que me tocavam quando menor, das quais me afastei por algum motivo. Parece que o lixo fonográfico acaba nos afastando do que realmente presta.

     Estou adorando as aulas de pintura, me fazem bem. O mais bacana é quando estou frustrado , e consigo fazer algo na pintura sem o auxílio da professora Silvana. Sei que ela está alí para me auxiliar, mas como sou autodidata nos desenhos, acho comum querer resolver certas coisinhas sozinho, por meio da descoberta...

   Ah, já comentei que me apaixono facilmente...Pois é, me apaixono por tudo e todos o tempo todo. Agora estou apaixonado por artesanatos, perfumes, pessoas...Ah, e por mim mesmo. Quanto mais me conheço, mais percebo minha independência, a minha não necessidade de estar com alguém para me auto-afirmar. Se algum dia estiver com alguém, será para somar...E isso, e a verdade pra mim...Digo isso, porque percebo, que as pessoas estão cada vez mais ligadas no material e no prazer momentâneo, mais eu quero mais...E se tiver de ficar velhinho e sozinho, quero ter certeza que não desperdicei minha vida com o efêmero, mais com aquilo que me completou e me tornou melhor.

sábado, 12 de março de 2011

Palavras...

     Esta semana trouxe o meu primeiro quadro pra casa. Ficou simples mais tão bonito. Pena que não tenho uma câmera digital (ainda) para fotografá-lo e compartilhá-lo com vocês. Esta semana foi muito corrida por causa do Carnaval, mas agora as coisas vão se ajeitando. 

     Passei o Carnaval  trabalhando muito. Comércio é realmente cansativo, mas em tudo há o lado bom, como ver um monte de gente bonita...Óbvio que são excessões, a maioria e de morte, mas alguns poucos são agradáveis e fazem você pensar duas vezes antes de pedir conta.

     Agora estou pintando, no curso, uma linda gueixa. Sou apaixonado por temas orientais, então vou pintar muitos nestas primeiras aulas. Lá nos escolhemos o que queremos pintar. Mas acredito que em breve estarei criando quadros autorais.

     Fiquei muito triste com o que aconteceu com nossos irmãos japoneses. O Tsunami causou destruição e muitas mortes...Se você que esta lendo este post puder parar alguns minutinhos antes de dormir e fizer uma prece por eles, ficarei muito grato...Estarei fazendo o mesmo.  No momento é a única colaboração que podemos dar.

     Hoje me recordei por que tenho tantas barreiras em arrumar amizades. Uma amiga muito querida, me deixou muito magoado. Mas fico pensando...Isso me deixará mais forte. Sim, aquelo que nos fere e não mata, só nos faz fortalecer, e isso é esplêndido. Temos de saber, como seres humanos, a sermos menos coração também e mais razão. Claro que é mais fácil falar do que fazer acontecer, mas temos de nos educar a sermos mais fortes. Não insensíveis, apenas menos sentimentais e românticos com tudo e todos. Como dizia uma antiga professora: 'O que digo a vocês, eu tenho muito que ouvir  também.'

     Esta ilustração é antiguinha mais eu adoro ela. Sou apaixonado pelos meus desenhos antigos e tosquinhos... Me traz boas recordações. Os olhos estão muito distantes um do outro, a anatomia esta todas disforme e a pintura...Fala sério. Mais a composição ficou tão bacana. A Keyo (a garota de cabelo verde)é a minha musa, então sempre a desenho.  Repare que foi feita em folha de caderno. Bons tempos de escola.

sábado, 5 de março de 2011

Agora o ano começa...

     Hoje caiu uma chuva maravilhosa aqui...Foi uma pancada rápida no fim da tarde. Típica chuva de verão.Percebi esta semana, que os tempos estão mudando e que o clima esta virando...O final de novas etapas, o final do Verão se anuncia...

     Sabe quando algo esta se aproximando...Eu sempre pude sentir isto. Tenho medo até, mas no fim não chega a ser uma sensação ruim, apenas intrigante...Foi assim em várias fases da minha vida, fases de mudança...Espero que mais uma vez seja para melhor. 

     Estou passando por um certo desconforto nos últimos dias, mas vai passar. Também não tenho conseguido desenhar. Disto, sinto muita falta...São outras atividades mas em breve as coisas voltam ao normal...

     Estou adorando o curso de artes plásticas. É maravilhoso e a professora acha que tenho talento pra pintura...Acho que ela esta iludida, mas ando me esforçando. Semana que vem já trago um quadro que pintei pra casa. Levei três aulas pra terminar, mas não tenho pressa. É uma terapia poderosa e não se apressa terapias. Precisava mesmo disso.

     Estou descobrindo habilidades para outras atividades, e isso tem me agradado muito. Só me incomoda  o fato das pessoas sempre acharem que tenho que ganhar dinheiro com isso. Se for o caso, virá de uma necessidade natural, e não simplesmente para lucrar. Adoro trabalhos manuais, me trazem satisfação pessoal...e só. Simples assim. Engraçado como as pessoas são materialistas. Mas é bem verdade a necessidade de grana nas nossas vidas. O que somos sem o ter...Apenas o ser não satisfaz...

     O comércio esta movimentado pelo carnaval. Vou trabalhar como sempre ocorre nesta época. O comecio lucra nestes períodos festivos, não dá pra correr. Mas pretendo sair desta vida ainda. Adoro meu trabalho, mas devo ser realista.

    Ótimo feriado de Carnaval para todos. E Feliz ano Novo...Afinal, só agora o Brasil engrena novamente...Voltemos ao batente.

sexta-feira, 4 de março de 2011

Auto-Conhecimento...

Fotografia que tirei de flores da minha Mãe
     Será que algum dia chegaremos a alguma explicação sobre algo realmente complexo que atormenta nossas almas? As vezes me apego a questionamentos inúteis e fico pensando: -Não seria melhor ignorar as incógnitas e viver normalmente? - São tantas questões que afligem a humanidade...Não é por acaso a quantidade de livros de Alta-Ajuda que temos no mercado.

     As músicas, a arte como um todo...Todos buscamos o nosso verdadeiro eu ,e as respostas para questões complexas, que nos aflinge a alma. Algumas pessoas, dizem que vivemos em busca de Deus, em tudo. Também não discordo desta afirmativa, mas acredito que a busca por nós mesmo, talvez, seja tão desesperada quanto. 

     Me impressiona a capacidade que algumas pessoas tem, de ignorar tudo ao redor , e pensar apenas no material. Queria ser assim e invejo os que são...Queria tanto ser mais focado e menos romântico. A mídia nos incentiva a isso, deste muito cedo... Crescemos nos achando especiais, e em um mundo onde todos são especiais, não resta muito, não é mesmo?! Não estou dizendo que não somos...Mas somos especiais até que ponto?

     Há algum tempo, li um livro (emprestado por meu amigo) onde no final o protagonista , indagava aos seres evoluídos que ele encontrou, qual era a real verdade sobre tudo... Então as criaturas, disseram não poder lhe dar toda a verdade, pois ele enlouqueceria,de imediato...

      Um ser humano é um mundo, então, vamos desbravar nossos mundos aos poucos, e não esperemos encontrar toda a verdade, pois talvez elas não devam ser encontradas afinal...Mas ficaria imensamente feliz em enlouquecer...Que preço pequeno por toda a verdade que a humanidade sempre buscou...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...